quinta-feira, 13 de agosto de 2015

A HISTÓRIA DE AMOR ENTRE MIRIAN MOTTA E ANTONIO MARCOS E O FILHO QUE ELE NÃO CONHECEU!


Mirian Maria Mota

Mirian Maria Mota, conta sua linda história de amor que viveu com o músico, Antônio Marcos Pensamento da Silva, de nome artístico Antônio Marcos, que nasceu em São Paulo, no dia 8 de novembro de 1945 e faleceu em São Paulo, no dia 5 de abril de 1992, aos 47 anos. Ele foi ator, compositor, violinista, humorista e cantor brasileiro. Se vivo estive completaria 70 anos no próximo dia 08 de novembro de 2015.

 Esta é a história de um amor que foi interrompida pelo medo da própria Mirian Mota, na época 14 anos, muito jovem, sem nenhuma experiência na vida. Os fatos aqui apresentados foram revelados há muito pouco tempo, mas que se uniu a outras histórias de amor vivido pelo galã da Jovem Guarda e dos anos 70.

A história trata-se de um caso de amor vivido em 1966, com a então jovem de apenas 14 anos, Mirian Maria Mora que se apaixonou por Toninho, de nome artístico Antonio Marcos.

Quem viveu os anos dourados da Jovem Guarda, lembra-se que no final da década de 60, sabe da história de um grande amor que envolveu dois dos seus maiores ídolos: Vanusa e Antonio Marcos! Porém o que ninguém sabia, é que antes deste amor acontecer, Toninho conheceu Mirian Maria Mota, e é ela mesma quem relata sua história, fato que fará parte de um livro que ela espera lançar em breve, e só não está ainda no mercado, por que depende de patrocínio para seu lançamento.

Mirian Mota contará para nós parte de sua história romântica como forma de homenagear os 70 anos Antonio Marcos, caso estivesse vivo! Disse ela que, desse caso de amor nasceu um menino que é a própria imagem e semelhança de Antonio Marcos; seu nome é Manuel Marcos Pensamento, um filho legítimo de Antonio Marcos, mas que só foi conhecido do público anos depois de sua morte! O Antonio Marcos em vida não sabia da existência desse filho!

“Conheci Toninho em 1966, quando eu tinha apenas 14 anos. Na época eu fazia teatro e quando o conheci eu estava num ensaio, e quando fui à toalete com uma amiga, passei por ele, que estava sentado com as pernas esticadas. Pedi licença, mas ele me perguntou “aonde vai à princesa”?” Não respondi nada, ele perguntou outra vez e finalmente me deixou passar. Na volta ele perguntou outra vez, “qual o nome da princesa?”, Então me sentei ao lado dele naquele mesmo dia começamos a namorar. Acho que ele estava com 21 anos na época, e fiquei feliz, pois ele fez questão de me levar em casa. Eu morava próximo ao Aeroporto de Congonhas. Ele foi meu primeiro e único amor, mas pedi a ele que guardasse segredo do nosso namoro. Nós fizemos juras de amor, nos amamos muito e como eu tinha muito medo do meu pai, juramos segredo e namoramos durante um período de dois anos. Foi quando um belo dia, estando nós dois no apartamento dele no Largo Santa Cecília, ele me pediu um tempo e foi me levar em casa, dizendo que voltaria, pois me amava, mas eu achei que era apenas uma forma de ele me dar “um chega pra lá”, e chorei muito… Foi quando minha amiga foi me visitar e disse: “Mirian, arruma outro namorado, você é nova e bonita…” Então, uma semana depois comecei a namorar outro, porque estava muito magoada por ele ter me dito que queria correr atrás de um sonho dele, que era cantar sozinho.

Cinco meses depois eu estava na TV Excelsior, onde eu trabalhava com figurações, e fui ao apartamento de um amigo com meu atual namorado, e lá eu desmaiei e ele me disse: “Mirian, vá ao médico, você desmaiou e isso não é normal”.

Uma semana depois, fui com minha irmã de 12 anos, escondidas de minha mãe, e fomos ao Posto de Saúde na Rua Joaquim Nabuco; foi quando o médico me falou que eu estava grávida! Entrei em choque, pois pensei logo que meu pai iria me mata! Fui falar com meu namorado e os detalhes estão no livro que acabo de escrever.

Enfim, fugi com meu namorado. Depois de sete meses de gravidez, quando eu estava na casa da minha mãe, na área superior da casa, vejo o Toninho descendo a rua! Gritei minha mãe para ir falar com ele e me escondi de vergonha, pois ele achava que eu estava grávida de outro…

Eu ainda não tinha experiência da vida, e só sei que ele saiu chorando e ainda voltou mais duas vezes pra me ver; ele me amava, mas foi assim que acabou meu sonho…

Na época eu pensei que minha gravidez seria do namorado com quem eu estava, e sem ter experiência da vida, casei-me com esse rapaz e vivi 35 anos com ele, até que em 2001 nos separamos. Foi então que ele levantou a suspeita de que o filho não seria dele; fiquei muito brava, falei com minha nora e meu filho logo agilizou para fazer o exame de DNA e tirar as suas dúvidas.

O exame de DNA foi feito com as filhas da cantora Vanusa, ex-esposa de Antonio Marcos, com quem teve duas filhas, Amada e Aretha e também com a irmã de Toninho. Foi quando descobrimos que ele não era filho do meu marido, mas sim do meu único amor, Antonio Marcos! Depois dessa constatação que meu filho era filho de Antonio Marcos, procuramos revelar o fato ao público. Meu filho é então o filho mais velho de Antonio Marcos, infelizmente ele partiu desta vida sem saber, revelou Mirian Maria Mota.

A história aqui contada será publicada em seu livro que contará toda a história de sua vida, pois sua tristeza será preenchida pela alegria de ter este filho chamado Manuel Marcos Pensamento, filho do seu grande amor, Antonio Marcos.






















2 comentários:

  1. Emocionante sua história Miriam, mas que pena que ele não conheceu o filho, mas tudo e como Deus permite.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Realmente linda historia , emocionante ! parabens mirian

    ResponderExcluir