domingo, 21 de outubro de 2012

CAMPEÃO DO BRINQUEDO YO YO YORK, ESTEVE EM CABEDELO FAZENDO MANOBRAS NA ESCOLA JOSÉ GUEDES CAVALCANTI. Saiba como foi:




Magali Venâncio (Diretora), Andrés Felipe (Jogador) e Tadeu Patrício (Educador).

Andrés Felipe Celis Varegas, colombiano, integrante da equipe campeão, Mega Desafio, é jogador profissional de Yo Yo York patrocinado pela empresa alemã ILYY, o brincante fez uma apresentação do brinquedo popular na última sexta-feira, 19 de Outubro na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio José Guedes Cavalcanti no turno da manhã. Assista agora o vídeo nº 1. (Filmagem Tadeu Patrício).
 
 
video
 
 
 

O Mega Desafio é um conjunto de ações e eventos que tem como objetivo manter viva esta modalidade tradicional de entretenimento, incentivando alunos de escolas públicas e privadas a ser um jogador do brinquedo.

No Yo Yo York, a mecânica é uma combinação de movimentos que mostra como se faz uma jogada do brinquedo, além de promover a atração do público, ensinando aos estudantes a jogar para se integrarem socialmente em suas comunidades, fugindo da violência das ruas e dos vícios que atormenta nossa juventude. Portanto, nosso objetivo é colocar um marco na competição para motivar a pratica. Pois, as ações são desenvolvidas por jogadores profissionais em cada modalidade que visitam escolas para divulgar o jogo e organizam oficinas em cada bairro, pois todos são capazes de praticar o yo yo york, basta treinar. Assista agora o vídeo nº 2. (Filmagem Tadeu Patrício).
 
 
  video
 

Todos os eventos do Mega Desafio são gratuitos, e no que se referem às escolas, apenas divulgamos nosso trabalho e os nossos patrocinadores. Nossa mensagem é focalizada no jogo como um todo. Queremos motivar crianças e jovens estudantes a praticar o brinquedo, porque o importante é brincar de forma sadia e em grupo, disse Andrés Felipe!

Entre nossos produtos temos o Clássico Yo-Yo e a mania que pega você pelo dedo!" O Diabolo "... equilíbrio e harmonia de cordas, corpo e espaços!!! O Footbag "...desenvolvendo talento e controle com incríveis embaixadinhas"....O Pião "...quem acredita que é só para jogar e rolar..., se equivoca".

Para essa nova geração, parece que brincar está limitado a Vídeo Games, Jogos on line, e atividades que condicionam e concentram um baixo nível de criatividade manual. Existe um mundo de brinquedos populares que precisam ser resgatados do seu anonimato e trazer isto para as escolas. Nossos eventos, além de proporcionar entretenimento de baixo custo, geram e melhoram a coordenação motora, a integração social, e servem para manter vivo na memória atividades e brincadeiras que tem chegado ate nos atravessando gerações....
 

 

Dê um click no link  http://palcomp3.com/tadeupatricio/   onde você poderá ouvir a música: Não Vejo Mais, de minha autoria que tem toda uma relação com a questão do brinquedo popular. É uma letra que propõe uma reflexão sobre os brinquedos e as brincadeiras populares que vem desaparecendo geração após geração, desde a chegada dos brinquedos da estrela no Brasil, como também dos vídeos games e ourtos jogos eletrônicos existentes para programas do computador, cujo os jogos tem tornado o ser humana distante do universo da cultura popular, da família e de uma infância sádia. Assim caminha o novo homem, uma figura individualista e antes social totalmente o contrário daquilo que propõe os brinquedos e brincadeiras populares.


Editor: Tadeu Patrício, Educador.


MÚSICA: NÃO VEJO MAIS  
AUTORIA: TADEU PATRÍCIO
                                       
1. Não vejo não, não vejo mais...
Brincadeira de peão pela calçada;
Não vejo não, não vejo mais...
Bolas de gude juntar a molecada.
                                 
Não vejo não, não vejo mais...
Pipas no ar colorindo o meu céu;
Não vejo não, não vejo mais...
A brincadeira de passar anel.
 
 
ESTRIBILHO:
 
Hoje tudo está mudado tudo aqui modificou
O menino já não brinca, não é mais um sonhador....
O homem não é o mesmo depois do computador
O planeta se agoniza porque está faltando amor (2x)
 
VOCAL: Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô
 
                                      
2. Não vejo não, não vejo mais...
Carrinhos de madeira pela calçada
Não vejo não, não vejo mais...
Jogo de castanha juntar a garotada.
 
Não vejo não, não vejo mais...
Brincar de roda e outras diversões
Não ouço não (não), não ouço mais...
Contar estórias, anedotas e canções.
 
 
ESTRIBILHO:
 
Hoje tudo está mudado tudo aqui modificou         
O menino já não brinca, não é mais um sonhador.....                                    
O homem não é o mesmo depois do computador            
O planeta se agoniza porque está faltando amor (2x)
 
VOCAL: Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô
 
 
 

 

 

 

 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário